Gradus - Revista Brasileira de Fonologia de Laboratório (ISSN 2526-2718; Qualis B2 quadriênio 2013-2016) é um periódico digital para a publicação de artigos acadêmicos  que resultem de pesquisa na área de Fonologia de Laboratório. Neste sentido, são acolhidos apenas trabalhos nesta área. Artigos que tratem de fonética ou fonologia sob outras perspectivas téorico-metodológicas não são de interesse para esta Revista, uma vez que dispõem de outros canais de publicação.

A missão da Gradus é fomentar a interação entre pesquisadores brasileiros e estrangeiros que têm se debruçado sobre a  “fonologia de laboratório”. Em linhas gerais, esta vertente dos estudos fônicos se define por utilizar métodos experimentais para testar hipóteses sobre o conhecimento que falantes e ouvintes têm do sistema sonoro de suas línguas maternas e de outras línguas que adquirem, bem como os princípios que norteiam o funcionamento desses sistemas. Neste sentido, a fonologia de laboratório se funda como um campo multidisciplinar, porque recorre a diferentes áreas para cumprir seus objetivos, como a psicologia ou a ciência de computação, por exemplo.

A Gradus acolhe contribuições de doutores, doutorandos, mestres e mestrandos.

Os textos submetidos à revista poderão ser redigidos em português, inglês ou espanhol, observadas as Diretrizes para Autores.